Chuvas de meteoros poderão ser vistas no Brasil este mês

Fenômeno recebe o nome da constelação onde está o ponto radiante

0
103
Meteoros

De vez em quando, o planeta Terra atravessa a órbita de uma corrente de meteoróides, quando isso ocorre, várias chuvas de meteoros entram juntos na atmosfera, em trajetórias paralelas, e parecem vir de um mesmo lugar. Essa região se chama ponto radiante e a chuva de meteoros recebe o nome da constelação onde está o ponto radiante.

E três dessas chuvas de meteoros tiveram o ponto alto no fim de julho, mas continuarão visíveis pelos próximos dias.

A Piscis Austrinídeos, dentro da constelação Peixe Austral, fica visível até a madrugada do dia 10. O melhor horário para observar os meteoros é por volta das 23h.

As Alfa-Capricornídeas, em Capricórnio, estão ativas até 15 de agosto e têm origem em um cometa. E na constelação de Aquário tem as Delta-Aquarídeas, também originadas em um cometa e que serão visíveis até o dia 23.

Já as Perseidas também são provocadas por um cometa, o Swift Tuttle, e ocorrem na constelação de Perseu, o Herói, até o dia 24 de agosto. Enquanto as outras tiveram o auge no mês passado, as Perseidas terão seu ponto alto na semana que vem. Devido ao horário, não será possível acompanhar o fenômeno a olho nu aqui no Brasil. Essa chuva de meteoros será bastante intensa no dia 12, das 10h até as 13h.

No domingo (9), Dia dos Pais, quem acordar bem cedo poderá acompanhar a ocultação de Marte. É como se fosse um eclipse, quando a Lua passa entre a Terra e o planeta vermelho.

Observatórios:

Se você quer ver as chuvas de meteoros e muito mais pode procurar um dos observatórios que oferecem visitas e abrem as portas para quem quiser acompanhar os fenômenos.

UNIVAP

O Observatório da Univap está aberto para visitas de escolas e do público em geral. As visitas são gratuitas e consistem em uma palestra de aproximadamente uma hora de duração, seguida da observação do céu através dos telescópios, por aproximadamente duas horas.

Como chegar ao Observatório:

O Observatório de Astronomia e Física Espacial da Univap fica localizado no Campus Urbanova, cuja entrada principal se situa na Av. Shishima Hifumi, 2911, São José dos Campos, SP.

DCTA

O Observatório do IAE/DCTA está aberto as Terças-Feiras* das 19:00 às 22:00. Para grupos pequenos, não é necessário o agendamento. As visitas para escolas e grupos com mais de 10 pessoas devem ser agendadas com antecedência de 5 dias úteis.

Atualmente reestruturado e com uma equipe de colaboradores, o Observatório oferece ao visitante uma viagem pelo Céu com a observação de diversos objetos celestes como Estrelas, Planetas e a Lua.

INPE

O Miniobservatório Astronômico, localizado na sede do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos (SP), foi inaugurado em 30 de outubro de 2003 para oferecer suporte às atividades de difusão, pós-graduação e pesquisa da Divisão de Astrofísica (DAS), pertencente à Coordenação de Ciências Espaciais e Atmosféricas (CEA).

Além de oferecer observações astronômicas a distância, via Internet, o Miniobservatório também oferece um programa de visitação presencial para o ensino formal. Informações aqui!!!

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui