Deputada Leticia Aguiar visita Santa Casa de Guaratinguetá

0
578

A história da Santa Casa de Misericórdia começa em 1869, com a unidade de atendimento médico e hospitalar para Guaratinguetá e região e está comemorando 150 anos de excelentes serviços prestados a comunidade.

Acompanhada de seu chefe de gabinete Anderson Senna, a deputada Leticia Aguiar foi recebida, nesta sexta-feira (17/05), na Santa Casa de Guaratinguetá pelo diretor administrativo, João Marcos Romain e pelo provedor, Carlos Henrique de Faria Pereira. A entidade filantrópica é privada, sem fins lucrativos e presta assistência médico-hospitalar à população do município e região, como parte da rede de hospitais que prestam serviços pelo SUS.

Durante a  apresentação da situação financeira da Santa Casa, o diretor administrativo João Marcos Romain entregou para a deputada as demandas do hospital junto ao governo do estado e ao ministério da Saúde: “ São basicamente três pedidos: o pagamento pelo estado de um débito de 2016, no valor de R$812 mil, referente aos programas Santa Casa Sustentável e Pró Santa Casa, a mudança de categoria de complexidade do hospital do atual “estratégico” para “estruturante” e por último, a liberação das verbas do chamado “aumento de teto” para que possa oferecer mais atendimentos em oncologia, hemodiálise e outras especialidades para os 17 municípios da região”, concluiu.

Depois de ouvir atentamente, a parlamentar se comprometeu a tomar providências para levar as demandas às esferas competentes, já que atualmente as prefeituras da região gastam muito com transporte e alimentação de pessoas que vão fazer tratamento em outros municípios: “Encontrei um típico caso de falha de gestão das verbas e que pequenas medidas podem fazer com que a Santa Casa de Guaratinguetá atenda mais e melhor os pacientes. Não faz sentido deslocar pessoas até Guarulhos, apenas porque a classificação do hospital não foi alterada. A Santa Casa é classificada como Hospital Estratégico e já atua e é avaliada como um Hospital Estruturante. Essa realidade já permitiria um remanejamento de verbas que já existem”.

O chefe de gabinete, Anderson Senna, reconheceu os esforços da Santa Casa para atender a demanda e custear suas despesas: “ O Hospital já vem há muito tempo sendo parceiro do governo e está assumindo as despesas com recursos próprios enquanto aguarda os repasses de verbas. A deputada Letícia já determinou, e nós não vamos economizar esforços no sentido de colaborar com a instituição”, declarou

Durante 150 anos a Santa Casa Guaratinguetá vem trabalhando com a dedicação e o comprometimento de seus diretores, médicos e colaboradores em um Hospital que investe para proporcionar os melhores tratamentos para os pacientes SUS.

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui