Desenvolve SP: crédito ajuda a alavancar os negócios das mulheres empreendedoras

Financiamentos realizados pela agência de fomento paulista passaram de R$ 20,5 milhões para quase R$ 78,5 milhões

0
130
créditos

O total de créditos liberados pela Desenvolve SP para projetos de tecnologia e inovação cresceu quase 300% (três vezes) de 2022 para 2023. Os financiamentos realizados pela agência de fomento paulista ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico passaram de R$ 20,5 milhões para quase R$ 78,5 milhões.

Se comparado com 2021, o total liberado no ano passado teve um aumento de 1.000% (dez vezes)
Ligadas diretamente à tecnologia e inovação, e com o objetivo de desenvolver e aprimorar os modelos de negócios, as startups no Brasil cresceram 60 vezes nos últimos 10 anos e hoje chegam a cerca de 33.500 em todo o país. Estudo feito pelo Distrito – principal plataforma de tecnologias emergentes da América Latina – aponta que o Brasil se destaca com quase 63% do total de startups abertas e ativas na AL.

A engenheira química Sabrina Ciane, CEO da startup Biosab Leveduras – localizada em Ribeirão Preto, na região central do estado de São Paulo -, procurou a agência de fomento paulista para financiar a criação de um laboratório que produz leveduras para a indústria cervejeira. O projeto da empreendedora recebeu créditos da Inovacred.

A levedura produzida pela startup é uma opção nacional do insumo, uma vez que a maior parte da levedura empregada pelos fabricantes de cerveja é importada, apesar de o Brasil ser o terceiro maior produtor da bebida do planeta, atrás apenas da China e dos Estados Unidos.

Após se especializar em biotecnologia, Sabrina resolveu estudar a levedura empregada na cerveja. “Percebi que o universo era ainda maior do que os das usinas por causa ao alto consumo de cerveja no país. Por outro lado, quase toda levedura é importada. Daí nasceu a vontade de resolver esse problema”, disse a empresária.

A levedura também é empregada em usinas sucroalcooleiras, setor em que a engenheira química trabalhou durante 17 anos até se desligar para realizar o sonho de montar o seu próprio negócio. Ao pesquisar sobre linhas de crédito, Sabrina conheceu a Desenvolve SP. “Como o projeto é inovador, pegamos a menor taxa desta linha. Nenhuma outra fonte foi tão atrativa. Tive todo o suporte na solicitação”, acrescentou a empresária.

Com a verba foi possível montar o laboratório, subsidiar o custo do espaço e contratar pessoas.
O principal objetivo do laboratório na primeira etapa do projeto é o de criar uma levedura seca que tenha um custo 30% menor em relação às importadas. A expectativa é a de que nos próximos dois anos o produto já comece a ser comercializado em escala maior, para mais clientes. E Sabrina não quer parar por aí. “A longo prazo queremos montar uma fábrica e passar a atender o Brasil inteiro”, afirmou a empreendedora.

Linha de crédito Inovacred

Esta linha da Desenvolve SP é um programa da Finep para o financiamento de projetos inovadores de micro, pequenas e médias empresas com faturamento até R$ 300 milhões por ano. São projetos que introduzem novos produtos, processos, serviços; possibilitam inovação de marketing ou inovação organizacional; e ainda o aperfeiçoamento da tecnologia existente. O valor do financiamento deve ser de no mínimo R$ 20 mil e não pode ultrapassar R$ 15 milhões.

As taxas variam entre TR + 4,236% ao ano e TR + 5,575% ao ano, com prazo para pagar de até 96 meses e carência de até 24 meses.

A Desenvolve SP se preocupa com a participação cada vez maior das mulheres à frente das micro, pequenas e médias empresas no estado de São Paulo. Criadas em 2023 no Dia Internacional da Mulher, as linhas de crédito Desenvolve Mulher e Desenvolve Mulher Sustentável completam um ano de existência, com taxas e prazos de pagamento diferenciados.

São Paulo decreta emergência, após Estado atingir 300 casos confirmados de dengue por 100 mil habitantes­

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui