Moradora relata alívio com apartamento novo em São Sebastião: ‘dia de recomeço’

Após 11 meses das fortes chuvas na região, 22 famílias já ocupam o condomínio em Maresias; moradias foram entregues em tempo recorde

0
164
recomeço São Sebastião Tarcísio

Foi com sentimento de paz que Davina de Matos Silva, aposentada de 66 anos, retirava roupas e outros objetos das caixas trazidas pelas equipes de mudança fornecidas pela CDHU para o apartamento em Maresias. “Hoje é um dia muito feliz, um dia de recomeço na minha vida. Aqui eu me sinto segura e quero passar dias felizes”, afirma. Ela é uma das moradoras do conjunto habitacional São Sebastião V, novo endereço de famílias atingidas pelas fortes chuvas na região em fevereiro do ano passado. A aposentada recebeu as chaves das mãos do governador Tarcísio de Freitas no último sábado (3).

O transporte foi feito nas primeiras horas da manhã de segunda-feira (5), junto às outras nove famílias que deixaram o condomínio Quaresmeira, em Bertioga, rumo à praia do município vizinho de São Sebastião.“Gostei muito quando cheguei em Bertioga, me senti segura. Mas eu não via a hora de mudar para meu novo cantinho.”

Agora em segurança com o novo apartamento, Davina diz que nunca perdeu a esperança. E o sentimento é ainda melhor quando observa as novas instalações e compara com o que passou na noite do temporal de fevereiro de 2023. “O rio encheu e do morro descia tudo: árvores, carros e casas, muita água e lama.”

Foi ao acordar no dia seguinte da tragédia que a aposentada conta ter se dado conta do tamanho do estrago: “Era impossível andar lá embaixo, tinha caído tudo. Neste momento, percebi que não poderia permanecer mais ali”. 

Davina relata que foi muito bem atendida em Bertioga. Mas era a nova casa definitiva que marcaria sua vida. Até que chegou o dia em que a CDHU a convidou para conhecer o apartamento em Maresias, no fim de 2023. “Gostei muito quando cheguei ao local, já me senti em casa. Daquele momento em diante, contava os dias e horas para a mudança.”

Moradores tiveram auxílio para mobiliar os novos apartamentos

Já no novo endereço, ela se lembrou de quando chegou a São Sebastião, na Tropicanga, em Boiçucanga, há mais de 40 anos. “Cheguei novinha com meus pais e meus avós. Conheci o pai dos meus filhos, que estava aqui trabalhando na construção da nova estrada. Foi em Boiçucanga onde tudo aconteceu na minha vida”. 

Durante anos, a ligação afetiva fez com que Davina nunca pensasse em mudar de bairro. Mas o novo apartamento veio em boa hora, porque agora pode ficar ao lado da filha Taciane, que atualmente mora em Maresias. “Vou poder acompanhar o crescimento da minha netinha.”

Moradias em tempo recorde

Nos dois primeiros dias de mudanças, entre segunda (5) e terça-feira (6), 22 famílias foram acomodadas nas novas moradias do conjunto habitacional São Sebastião V, em Maresias. O empreendimento, com 186 unidades, foi entregue em tempo recorde no último sábado (03/02), em cerimônia com o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Branco, representantes da CDHU e outras autoridades estaduais e municipais. 

Foram dez meses de obras até a entrega das chaves. A CDHU providenciou caminhões e equipe para a retirada e transporte dos pertences das famílias, que até então estavam provisoriamente acomodadas, por cerca de dez meses, nos 300 apartamentos do conjunto habitacional Quaresmeiras, em Bertioga. 

CDHU auxiliou na mudança das famílias

O Conjunto São Sebastião V fica na Rua Nova Iguaçú, Maresias. O residencial é composto por seis prédios com quatro pavimentos cada, edificado em terreno de 11,7 mil metros quadrados. Os apartamentos têm dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro, distribuídos em 44 metros quadrados de área útil. 

Todas as famílias receberam auxílio extra neste recomeço, com kits de eletrodomésticos da linha branca compostos por geladeira, fogão, microondas e tanquinho de lavar roupas, além de botijão de gás, camas, colchões e travesseiros.

Ainda neste mês, o Governo de São Paulo vai entregar outras 518 moradias em São Sebastião, no bairro de Baleia Verde. O investimento do Estado na construção das 704 moradias definitivas foi de R$ 260 milhões, sendo R$ 52,3 milhões no condomínio em Maresias.

Qualifica SP “Meu Primeiro Emprego” abre 6 mil vagas em cursos profissionalizantes

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui