Governador participa de lançamento de centro de pesquisa aeroespacial em São José dos Campos

Governo de SP vai investir R$ 24 milhões no empreendimento, por meio da Fapesp; unidade deverá reunir cerca de cem pesquisadores

0
305
Centro de Pesquisa DCTA Ita Tarcísio

O governador Tarcísio de Freitas participou nesta terça-feira (14) do lançamento do Centro de Pesquisa em Engenharia para a Mobilidade Aérea do Futuro (CPE-MAF), em São José dos Campos. A implementação da unidade, no Instituto de Tecnologia Aeronáutica (ITA), contará com investimento total de R$ 48 milhões, ao longo de cinco anos. São R$ 24 milhões por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o mesmo valor será aplicado pela Embraer. O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Vahan Agopyan, também acompanhou o ato.

O centro deverá reunir cerca de cem pesquisadores com o objetivo de desenvolver estudos sobre tópicos inovadores, com potencial para contribuir com a competitividade da indústria aeronáutica nacional. As pesquisas serão focadas em três pilares: aviação de baixo carbono, sistemas autônomos e manufatura avançada.

“São José dos Campos é um centro fundamental da indústria aeroespacial e essa pesquisa vai dar a possibilidade de nos mantermos na vanguarda da aviação. Os produtos brasileiros conquistaram o mercado internacional pela qualidade dos nossos produtos e da nossa engenharia. Essa aliança de recursos humanos, tecnologia e recursos financeiros vai manter essa posição de vanguarda do Brasil para que continuemos desenvolvendo grandes produtos e tendo protagonismo na indústria aeronáutica internacional. Isso vai ser bom para o Vale do Paraíba, para São José dos Campos, para o Estado de São Paulo e para o Brasil”, destacou o governador Tarcísio de Freitas.

Capital da Indústria Aeroespacial e Capital do Avião
Leticia Aguiar Avião Embraer

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou e o governador sancionou a Lei que denomina a cidade de São José dos Campos como Capital Estadual da Indústria Aeroespacial e Capital do Avião:  LEI Nº 17.418, DE 08 DE OUTUBRO DE 2021.

A deputada estadual Leticia Aguiar, que é natural de São José dos Campos, é autora do projeto de lei apresentado em 2019, e comemora o reconhecimento do Estado: “Fico feliz que o Estado de São Paulo, faça este reconhecimento mesmo que seja mais de 72 anos da implantação do DCTA e do ITA e mais de 52 anos depois da fundação da Embraer, São José dos Campos se desenvolveu a partir do desenvolvimento da indústria aeroespacial”, disse.

Centro de Pesquisa Aeroespacial

O CPE-MAF vai contar com pesquisadores do ITA, da Embraer, da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (USP).

A expectativa é que, em médio e longo prazo, o centro de pesquisa contribua para o aumento da competitividade da indústria aeronáutica nacional, com foco nas seguintes linhas de pesquisa: controle de máquinas elétricas para aeronaves com propulsão elétrica; integração aeropropulsiva de aeronaves elétricas (projeto aerodinâmico e estrutural de aeronaves com propulsão elétrica distribuída); métodos de tomada de decisão para sistemas autônomos; projeto avançado para manufatura aditiva metálica e montagem final inteligente de aeronaves.

Além da pesquisa científica, o CEP-MAF tem por objetivo a transferência de tecnologias para empresas existentes e para novas empresas a serem criadas, além da educação e disseminação do conhecimento para estudantes de Ensino Médio e Superior.

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui