Governo avança RMVale e maioria das regiões para fase amarela do Plano SP

Após mais de dois meses enquadrada na fase laranja, as cidades da região foram reclassificadas para a fase amarela

0
339
Fase amarela Plano SP

Em entrevista coletiva de imprensa o Governo do Estado de São Paulo atualizou as fases do Plano SP que regulamenta as regras da quarentena em todo o Estado, com isso, após mais de dois meses enquadrada na fase laranja, as cidades da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte (RMVale) foram reclassificadas para a fase amarela, nesta sexta-feira (7).

A quarentena foi prorrogada até o dia 23 de agosto. O Plano São Paulo entrou em vigor no dia 1º de junho e a RMVale estava na fase laranja (etapa 2) desde então.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi, a RMVale teve um aumento no número de leitos disponíveis e isso influenciou diretamente na progressão à fase amarela.

Para a deputada estadual Leticia Aguiar a decisão de hoje foi boa, faz justiça, mas é tardia: “Meu sentimento é que o governador está atrasado! Devia ter feito antes; antes do colapso financeiro, porque muitas empresas não terão a oportunidade de retornar. Agora é tentar resgatar o que ficou para reabertura, bares restaurantes, salões e academias tem todo nosso apoio. Com a região passando à fase amarela vamos retomar as atividades para o Brasil se reerguer”, disse a parlamentar.

Segundo dados do Estado, a taxa de ocupação de leitos ne RMVale é de 64% e com um índice de 19,1 leitos por 100 mil habitantes. Houve também uma diminuição no número de novos casos e internações por Covid-19.

Entre as regiões que passaram para a fase amarela estão Piracicaba e Ribeirão Preto, que estavam na Fase 1 – Vermelha na classificação anterior. Além delas, passaram para a fase amarela as regiões de Araçatuba, Bauru, Campinas, Taubaté, São João da Boa Vista, Sorocaba e Marília, que estavam na Fase 2 – Laranja. Além delas, se mantiveram na fase amarela as regiões da capital paulista, Baixada Santista, Araraquara e as sub-regiões leste, sudoeste e sudeste da região metropolitana.

Agora, apenas duas regiões do estado permanecem na Fase 1 – Vermelha, de alerta máximo, onde terão que manter a quarentena e só poderão abrir serviços considerados essenciais como de logística, segurança, saúde e abastecimento. São elas: Franca e Registro. 

Três regiões e duas sub-regiões metropolitanas do território paulista estão na Fase 2 – Laranja, que permite o funcionamento com 20% da capacidade de público em escritórios em geral, imobiliárias, comércio de rua, shoppings e concessionárias. Essa abertura pode ser feita pelo período de quatro horas diárias, todos os dias; ou por seis horas, desde que abra apenas por quatro dias na semana.

O Governo Estadual tem divulgado a manutenção ou reclassificação das regiões no Plano São Paulo a cada duas semanas. Atualmente,a RMVale está na fase laranja, a segunda mais restritiva – atrás apenas da vermelha.

Agora na fase amarela, a partir da próxima segunda-feira (10), outros estabelecimentos como bares, restaurantes, academias de esporte e salões de beleza podem funcionar seguindo algumas regras de prevenção ao contágio.

Veja Também:

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui