Governo de SP anuncia 200 novas moradias e reforça abastecimento em São José dos Campos

Governador em exercício assinou convênio habitacional e entregou obras da Sabesp; investimentos são de R$ 92 milhões

0
86
CDHU Crédito Imobiliário

O Governo de São Paulo confirmou um convênio entre o Estado e a Prefeitura de São José dos Campos para a construção de 200 moradias para famílias de baixa renda e residentes em áreas de risco, e também entregou a nova adutora do sistema Tatetuba e obras complementares da Sabesp, reforçando o abastecimento de água para 270 mil moradores da cidade. Somados, os investimentos ultrapassam R$ 92 milhões.

“O governador Tarcísio de Freitas está valorizando as prefeituras com soluções que garantem mais agilidade. Hoje, esse convênio é um cheque de R$ 40 milhões para 200 unidades habitacionais ou mais, a prefeitura pode colocar mais recursos ou até fazer mais moradias com o mesmo valor. Não tem o custo do terreno porque já são áreas institucionais, e também muda o conceito com conjuntos habitacionais menores”, afirmou Felicio.

As agendas ainda reuniram a secretária estadual de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, Natália Resende, diretores da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU) e da Sabesp, o prefeito Anderson Farias, vereadores e autoridades locais.

O investimento para a construção das novas moradias será de R$ 40 milhões, por meio da CDHU. O prazo de vigência do convênio é de 24 meses.

As obras habitacionais serão feita pela Prefeitura de São José dos Campos em diferentes regiões da cidade, sob supervisão da CDHU. O objetivo da parceria é viabilizar moradias dignas a famílias que vivem em áreas de risco ou com renda de até três salários mínimos, em situação de vulnerabilidade social.

Além do repasse de recursos para a construção das residências, a CDHU fará a habilitação dos beneficiários e financiará os imóveis conforme as normas estaduais de atendimento habitacional. Os empreendimentos também serão localizados em locais com infraestrutura urbana e equipamentos de serviços públicos instalados.

Mais água tratada

O investimento do Governo do Estado em São José dos Campos também incluiu a entrega da nova adutora de água tratada do sistema Tatetuba e obras complementares que aumentam a disponibilidade hídrica do município. Com investimento de mais de R$ 52 milhões da Sabesp, os serviços já estão em pré-operação.

As ações integram o sistema de abastecimento das regiões sudeste e leste da cidade, que reúnem 270 mil moradores de 125 bairros. Iniciada em outubro, a adutora é composta por 2 km de tubulação que transferem 100 litros de água por segundo, ampliando em 33% a vazão enviada para a região leste.

A Sabesp também construiu a adutora Cajuru, com mais de 3 km de extensão, a estação elevatória de água tratada e adutora no Jardim da Granja, o reservatório do Cajuru e uma estação elevatória para o reservatório Santa Júlia.

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui