Minas Tênis Clube anuncia que Maurício não é mais jogador do clube

Deputada Leticia Aguiar declara apoio ao atleta e convida: "Vem jogar no São José"

0
634
Minas Tênis
15.07.2021 - Jogos Oímpicos Tóquio 2020 - Treino da equipe masculina de vôlei do Time Brasil. Na foto destaque para o atleta Maurício Souza. Foto: Míriam Jeske/COB

O central Maurício Souza não é mais jogador do Minas Tênis Clube. A equipe mineira usou o seu perfil no Twitter para informar que o atleta não faz mais parte do time de vôlei masculino.

Apesar de não ter dito o motivo, a saída de Maurício está relacionada com uma publicação feita pelo atleta que causou repercussão nas redes sociais e consequente críticas dos patrocinadores do Minas.

Apoio ao jogador

Diversas personalidades, fãs do vôlei e políticos postaram mensagens de apoio ao jogador da Seleção Brasileira, a deputada estadual Leticia Aguiar também usou suas redes sociais para criticar o uso de histórias em quadrinhos para sexualização precoce de crianças e adolescentes e declarou apoio ao atleta:

Muitas pessoas nas redes sociais apoiaram a crítica que o jogador fez aos quadrinhos da DC Comics em que o Super-Homem iria revelar a bissexualidade do personagem nos próximos episódios da publicação.

Leticia Aguiar também aproveitou para convidar o atleta para vir integrar a recém montada equipe do São José Vôlei que disputa pela primeira vez a Superliga Nacional;

“A liberdade de expressão é um dos direitos essenciais do ser humano, Mauricio Souza tem meu total apoio! #VemProSãoJosé

Deputada Leticia Aguiar

Minas Tênis Clube

Após a pressão dos colaboradores do Minas, o clube exigiu que o jogador se retratasse, o que foi feito pelo Twitter para 54 seguidores, enquanto a publicação com supostamente teor homofóbico está no Instagram do atleta, perfil no qual Maurício tem quase 250 mil seguidores.

Logo após o posicionamento do Minas Tênis Clube, o atleta publicou em seu perfil no Twitter um pedido de desculpas: “Pessoal, após conversar com meus familiares, colegas e diretoria do clube, pensei muito sobre as últimas publicações que eu fiz no meu perfil. Estou vindo a público pedir desculpas a todos a quem desrespeitei ou ofendi, esta não foi minha intenção”.

O anúncio do Minas Tênis ocorreu após dois dos patrocinadores da equipe, a Fiat e a Gerdau, pressionarem por uma punição ao jogador pela postagem com conteúdo homofóbico. A postagem do jogador teve uma grande repercussão negativa nas redes sociais.

O jogador usou suas redes sociais para agradecer ao Minas e se despedir do clube.

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui