Patricia Ellen presta contas em reunião conjunta de comissões na Alesp

Secretária de Desenvolvimento Econômico disse priorizar ciência e tecnologia na pandemia

0
127
Patricia ellen Comissões

Uma reunião conjunta das comissões permanentes: Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação e Informação e da Comissão de Atividades Econômicas, realizada nesta terça-feira (14/7), recebeu, em ambiente virtual, a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen da Silva. O deputado Itamar Borges (MDB) presidiu o encontro.

Patricia Ellen explicou aos parlamentares que os pilares da Pasta giram em torno de competitividade, produtividade e desenvolvimento econômico sustentável; ciência, tecnologia e inovação; além de qualificação profissional, trabalho e empreendedorismo para gerar oportunidades e reduzir o desemprego em São Paulo. Ela também especificou ações e programas da secretaria, como o Via Rápida e o Meu Emprego.

De acordo com a secretária, atrair R$ 50 bilhões em investimentos para o Estado; disponibilizar crédito para 150 mil microempreendedores; reduzir o tempo de abertura de empresas e criar, no Estado, o Vale do Silício brasileiro estão entre as metas até 2022. Ela defendeu a necessidade de investir na área sobretudo no contexto da pandemia e garantiu que o orçamento da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) foi mantido. “Uma preocupação que eu tenho no Brasil é que, em todas as crises que tivemos, ao invés de investir em ciência e tecnologia, tiramos esses recursos, isso é o oposto do que os outros países fazem”.

Questionamentos

A deputada Leticia Aguiar (PSL) pediu a facilitação do acesso de empreendedores individuais a créditos. A secretária concordou que priorizar microcrédito é fundamental e que o ideal para atender os mais vulneráveis é um aporte de, pelo menos, meio bilhão de reais, mas afirmou que o orçamento da Pasta previsto para 2021 foi reduzido.

O deputado Sergio Victor (Novo) questionou a divergência entre os números relacionados ao Banco do Povo presentes em portais e os apresentados durante a reunião. Patricia Ellen assegurou que os dados do Portal da Transparência estão corretos e explicou que foram feitas realocações no orçamento da Pasta para a liberação de recursos emergenciais. “O fundo do Banco do Povo é gerido pela secretaria, mas está vinculado à Fazenda”, disse.

Também estiveram presentes na reunião das comissões as deputadas e os deputados Alexandre Pereira, Carla Morando, Carlão Pignatari, Castello Branco, Conte Lopes, Ed Thomas, Frederico d’Avila, Paulo Fiorilo e Reinaldo Alguz.

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui