Fundação Seade divulga as ocupações com carteira assinada que mais cresceram em SP

No terceiro trimestre deste ano, foram criados mais de 156 mil postos de trabalho no Estado de São Paulo.

0
208
ocupações SEADE

Levantamento da Fundação Seade, com base nos dados do Ministério do Trabalho e Emprego, mostra quais foram as ocupações com maiores saldos positivos com carteira assinada no Estado de São Paulo no terceiro trimestre deste ano. No período, foram criados mais de 156.334 postos de trabalho.

Os novos postos de trabalho foram criados nos setores de Serviços (79.574), Comércio (31.924), Indústria (20.304), Construção (19.133) e Agricultura (5.399).

As ocupações que mais cresceram foram alimentador de linha de produção, com mais de 20 mil vagas, principalmente na indústria; na agricultura, trabalhador no cultivo de árvores frutíferas (5.582); nos serviços, postos para faxineiro (mais de 11 mil vagas) e auxiliar de escritório (mais de 9 mil); no comércio, o maior número de vagas abertas foram para atendentes de lojas e mercados (mais de 7 mil); e na construção, para servente de obras (mais de 10 mil).

No levantamento da Fundação Seade é possível ver as principais ocupações com carteira assinada por municípios e regiões do estado de São Paulo – veja no link.

Ocupações com maiores saldos positivos no 3º trimestre:

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui