Governo SP anuncia Câmara Setorial do leite e R$ 20 milhões a pecuaristas do Vale do Paraíba

Governador em exercício, Felício Ramuth, anunciou para gestores e produtores da região reforçando apoio ao empreendedorismo rural

0
80
Câmara setorial do leite

O governador em exercício, Felicio Ramuth, reafirmou nesta quinta-feira (8), o compromisso de São Paulo com políticas públicas inovadoras para desenvolver o empreendedorismo no agro paulista. Em encontro com gestores e produtores rurais em São José dos Campos foram anunciadas a criação da nova Câmara Setorial do leite do Vale do Paraíba e a subvenção de R$ 20 milhões para complementar a renda de pecuaristas com produtividade de até 300 litros de leite por dia.

“O governador Tarcísio de Freitas fez uma determinação para todos os secretários para que a gente possa melhorar o ambiente de negócios no Estado de São Paulo. Simplificar, aumentar a oferta de crédito e fazer com que o estado de fato dê todo o estímulo necessário para o grande gerador de emprego e renda que são os empreendedores paulistas”, afirmou o governador em exercício Felicio Ramuth.

A deputada estadual Leticia Aguiar, presente ao evento fez um importante destaque: “É importante citar que o Governo Tarcísio e o secretário Piai estão reforçando seu compromisso de apoio às Cooperativas de Leite, enfatizando a importância do seguro rural, a necessidade de uma política tributária compatível com a relevância do agronegócio e o aumento no recurso destinado ao FEAP (Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista)”, concluiu.

A agenda no Vale do Paraíba começou com a visita ao projeto Ponto Rural, que apoia e oferece serviços gratuitos para pequenos produtores de São José dos Campos, e foi acompanhada pelo secretário de Agricultura e Abastecimento, Guilherme Piai. Em seguida, Felicio se reuniu com os empreendedores da região, parlamentares, prefeitos, representantes de institutos, associações e cooperativas ligadas à cadeia do leite.

Na ocasião, o Governo de SP reforçou as ações de melhoria para o agronegócio da região e a pecuária leiteira local, referência de produção no Estado de São Paulo, com a assinatura que cria a nova Câmara Setorial do leite, dentro da Coordenadoria de Câmaras Setoriais e Temáticas da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. A medida fortalece a certificação da produção, a capacitação do produtor e agrega mais valor ao produto paulista.

O governo de SP também anunciou a subvenção de R$ 20 milhões em recursos do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (FEAP) para ser usado na complementação da renda do produtor de leite com produtividade de até 300 litros por dia. A ação vai repassar R$ 0,10 a cada litro de leite produzido na bacia leiteira do Vale do Paraíba.

“Subvenção não é emprestar, é chegar junto. Produtores com produtividade de até 300 litros de leite vão receber R$ 0,10 por litro de leite. Estamos também recriando a Câmara Setorial do Leite na secretaria de Agricultura. A cadeia do leite precisa estar unida”, afirmou o secretário de Agricultura e Abastecimento, Guilherme Piai.

A deputada estadual Leticia Aguiar (foto) ao fazer uso da palavra lembrou que o PARQUE TECNOLÓGICO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS é gestor do AGROPOLO VALE, que é direcionado para empresas de base tecnológica que tenham como principal mercado fornecedores, produtores, processadores e logística do agronegócio:
“A iniciativa de São José dos Campos intensifica a transformação do agronegócio por meio da incorporação de tecnologias aos sistemas produtivos e de consumo para o crescimento do agronegócio, com sustentabilidade econômica, social e ambiental, gerando valor ao setor. Tem como missão a transferência tecnológica para a competitividade e sustentabilidade do agronegócio”, disse a parlamentar.

A ação estadual no Vale do Paraíba também reforçou ações de conectividade rural, capacitação e suporte na expansão do empreendedorismo. Gestores e empreendedores receberam simbolicamente o programa Rotas Rurais do governo paulista, iniciativa estadual que avançou na atual gestão, e já alcança 57 mil km de vias rurais cadastradas e mais de 302 mil propriedades geolocalizadas.

O novo manual do Município Agro, programa que em 2023 distribuiu mais de R$ 5 milhões às cidades que se destacaram no desenvolvimento social rural, também foi apresentado. Os produtores rurais tiveram acesso ainda a outros serviços disponibilizados pelo governo paulista como linhas de crédito, inovações para o agro no âmbito da pesquisa, certificação de produtos e regularização de terras.

As ações do governo de SP no Vale do Paraíba fazem parte da estratégia da atual gestão de fortalecer e desenvolver ainda mais o agronegócio em São Paulo, garantindo aos produtores rurais oportunidades para ampliar o potencial das propriedades, levar dignidade para as famílias e ajudar na geração de emprego e renda nas cidades paulistas.

Deputada Leticia Aguiar participa de encontro do Agro com lideranças dos Municípios da RMVale

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui