Carretas da Mamografia ampliam serviço e passam por quatro regiões em abril

Garantir o acesso a serviços de saúde para as mulher é um dos objetivos do movimento SP Por Todas

0
134
Carretas da mamografia

As Carretas da Mamografia, do Programa Mulheres de Peito, vão promover diagnóstico e autocuidado nas regiões de Potim, Barueri, Uchoa e Guaratinguetá nas primeiras semanas de abril. Buscando atender o maior número de pacientes, o serviço foi ampliado e agora conta com três carretas que vão percorrer todo o estado.

A visibilidade dos serviços de saúde oferecidos para as mulheres é um dos objetivos do Movimento SP Por Todas, lançado no dia 28 de março pelo Governo de São Paulo.

As carretas da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES-SP) promovem exames de mamografia gratuitamente para mulheres de 35 a 49 anos, e acima de 70 anos, mediante apresentação do RG, cartão do SUS e um pedido médico. Já as pacientes com idade entre 50 e 69 anos podem levar apenas RG e cartão do SUS. O resultado é disponibilizado em até dois dias, após a realização do exame.

Somente neste primeiro trimestre, já foram realizados mais de 6 mil exames. Em 2023, o programa realizou 24.690 exames e percorreu 47 municípios, incentivando as mulheres a realizarem o exame de mamografia, e possibilitando o diagnóstico e tratamento precoce do câncer de mama.

O funcionamento das carretas é de segunda a sexta-feira das 8h às 17h, com atendimento de até 50 senhas e, aos sábados, das 8h às 12h, com atendimento de até 25 senhas, com distribuição de senhas por demanda espontânea e por ordem de chegada.

Mulheres de Peito


As mulheres paulistas com idades entre 50 e 69 anos também podem marcar seus exames de mamografia sem necessidade de pedido médico, gratuitamente, pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Para realizar o agendamento do exame, é preciso ligar para o número 0800 779 0000. A consulta é marcada via Sistema Informatizado de Regulação do Estado de São Paulo.

Confira o cronograma em cada município

Carreta da Mamografia em Potim:
Data: 26 de março a 6 de abril de 2024
Horário: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e, aos sábados, das 8h às 12h (exceto feriados)
Endereço: Praça Francisco De Assis Galvao – Potim (SP)

Carreta da Mamografia em Barueri:
Data: 2 a 13 de abril de 2024
Horário: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e, aos sábados, das 8h às 12h (exceto feriados)
Endereço: Av. Guilherme Perereca Guglielmo, 1000 Centro, Ginásio José Correa – Barueri (SP)

Carreta da Mamografia em Uchoa:
Data: 2 a 13 de abril de 2024
Horário: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e, aos sábados, das 8h às 12h (exceto feriados)
Endereço: Praça João Birolli – Centro – Uchoa (SP)

Carreta da Mamografia em Guaratinguetá:
Data: 9 a 20 de abril de 2024
Horário: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e, aos sábados, das 8h às 12h (exceto feriados)
Endereço: Avenida Da Exposição, 02, Internacional Park – Guaratinguetá (SP)

SP Por Todas

SP Por Todas é um movimento promovido pelo Governo do Estado de São Paulo para ampliar a visibilidade das políticas públicas para mulheres, bem como a rede de proteção, acolhimento e autonomia profissional e financeira que viabiliza serviços exclusivos para elas.

Essas frentes estão nos pilares da gestão e incluem novas soluções lançadas em março de 2024. Um dos destaques é o auxílio-aluguel de R$ 500 para vítimas de violência doméstica. Também houve ampliação do monitoramento permanente de agressores com uso de tornozeleiras; o lançamento do aplicativo SPMulher Segura que conecta a polícia de forma direta e ágil caso o agressor se aproxime; e a criação de novas salas da Delegacia da Defesa da Mulher 24 horas.

O Governo do Estado ampliou linhas de crédito para elas e ampliou a entrega das Casas da Mulher Paulista, que oferecem serviços de apoio psicológico e capacitação profissional. A gestão paulista ainda implementou o protocolo Não Se Cale para acolhimento imediato e combate à importunação sexual em bares, restaurantes, casas de show e similares, formando equipes em um curso online oferecido gratuitamente aos profissionais do setor.

O último dia útil de março foi escolhido para o lançamento do movimento SP Por Todas justamente para simbolizar a perenidade de ações muito além das celebrações relacionadas ao Dia Internacional da Mulher.

SP abre curso a profissionais que atendem mulheres com deficiência vítimas de violência

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui