Hospitais estaduais de SP são reconhecidos por sustentabilidade e boas iniciativas

16º edição do Seminário Hospitais Saudáveis acontece até amanhã, na zona sul da capital paulista

0
356
Hospitais estaduais

Seis hospitais estaduais de São Paulo foram premiados nesta segunda-feira (13) no Prêmio Amigo do Meio Ambiente (PAMA), que reconhece organizações que se destacam por iniciativas de proteção ao meio ambiente e de sustentabilidade no âmbito do SUS. A homenagem faz parte da 16º edição do Seminário Hospitais Saudáveis, promovido em parceria com a organização internacional Saúde Sem Dano e a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES).

No total, foram considerados mais de 100 trabalhos de todo o Brasil que serão premiados com placas e menções honrosas. Em São Paulo, seis unidades hospitalares foram selecionadas: Hospital de Base de São José do Rio Preto, Hospital Estadual de Ribeirão Preto “Prof. Dr. Carlos Eduardo Martinelli, Hospital Regional do Litoral Norte Francine Maia França, Hospital de Transplantes Dr. Euryclides de Jesus Zerbini, Centro de Medicina de Reabilitação Lucy Montoro de Santos e Maternidade Santa Isabel.

No evento, a assessora do Gabinete da SES Maria Cristina Coimbra Lages Balestrin de Andrade esteve entre os responsáveis por entregar os reconhecimentos aos premiados.

O PAMA de 2023 também reconheceu iniciativas vencedoras de hospitais do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Amazonas, Espírito Santo e de Goiás e Pernambuco. Entre todos os destaques do país, há projetos relacionados ao gerenciamento de resíduos, economia de água e energia e tratamento de efluentes.

Com o tema “Ação Climática para Transformação do Setor de Saúde”, o 16º Seminário Hospitais Saudáveis busca debater as urgências, efeitos e exigências provocadas por eventos climáticos, propondo soluções para instituições de saúde públicas ou privadas. O evento ocorre até amanhã (14).

“A mudança do clima ameaça neutralizar os avanços da medicina alcançados nos últimos 50 anos. É preciso agir rápido, inovar e estabelecer soluções para questões que há pouco tempo sequer existiam. O Seminário Hospitais Saudáveis é o espaço para dirigentes e profissionais de saúde fazerem um balanço dos avanços obtidos, trocarem experiências e planejarem juntos como superar esta crise”, afirmou o presidente do Conselho do Projeto Hospitais Saudáveis e arquiteto do Centro de Vigilância Sanitária da SES-SP, Vital Ribeiro.

Também nesta segunda-feira, palestrantes e convidados discutiram sobre liderança e compromissos climáticos nas organizações de saúde, bem como sobre gerenciamento de resíduos orgânicos. Já na terça-feira, os temas abordados serão alternativas energéticas de baixo carbono, planos de gestão de carbono, uso de plásticos e gestão sustentável da cadeia de suprimentos do setor de saúde.

O evento é realizado às vésperas da COP28 – evento global que tem como objetivo revisar os posicionamentos e ações de cada país, além de revisitar o inventário de emissões de gases causadores do efeito estufa e temas como a regulação do mercado global de carbono e a transição para a economia de baixo carbono, agricultura sustentável e reflorestamento.

A maior parte dos estados brasileiros estabeleceu metas e compromissos de emissões zero até 2050, bem como planos de ação climática. Algumas cidades e estados, como São Paulo, têm planos específicos para mitigação e resiliência da sua própria rede de saúde.

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui