Delegacia da Mulher de S.J.Campos poderá ter atendimento 24 horas ainda este ano

Dr. Nico, Delegado Geral, recebeu pedido da deputada Leticia Aguiar e espera contar com mais policiais a partir de agosto

0
42

Preocupada com o aumento da violência doméstica em São José dos Campos e na Região Metropolitana do Vale do Paraíba, a deputada estadual Leticia Aguiar (Progressistas) visitou a Delegacia Geral de Polícia, nesta quarta-feira (1), conversou com o novo Delegado Geral, Dr. Osvaldo Nico Gonçalves e solicitou o atendimento 24 horas na Delegacia de Defesa da Mulher de São José dos Campos (DDM-SJC).

Leticia Aguiar apresentou as boas-vindas ao Dr. Nico e declarou seu apoio à Polícia Civil. A parlamentar solicitou que a DDM-SJC tivesse seu atendimento ampliado para 24 horas afim de atender as demandas e denúncias com maior eficiência.

“Como mulher e parlamentar, trouxe meu apoio para que possamos unir forças na defesa das vítimas de violência doméstica, em especial as mulheres. Por isso solicitei o atendimento 24 horas na DDM de São José, e fomos atendidos prontamente.” declarou a parlamentar.

O Delegado Geral confirmou que a DDM de São José dos Campos poderá ter atendimento 24 horas a partir de agosto deste ano com a chegada dos novos policiais formados na ACADEPOL:

“Nós teremos novos policiais saindo da academia de polícia em agosto e vamos tentar contemplar a cidade com maior efetivo para que São José dos Campos tenha um melhor atendimento para as mulheres. Vamos iniciar os estudos para que possamos atender este pedido da deputada Leticia Aguiar”, declarou Dr. Nico.

A deputada Leticia Aguiar também apresentou uma série de sugestões, medidas e demandas da região, em especial para a valorização dos policiais e em apoio às Forças de Segurança do Estado.

Atualmente nenhuma Delegacia de Defesa da Mulher do Vale possui atendimento 24 horas, a DDM-SJC, por falta de efetivo, funciona de segunda à sexta-feira das 9h às 19h.

Para a parlamentar é preciso ampliar o atendimento e as ações de proteção as pessoas: 

“Defendo mais investimentos na modernização das Delegacias de Defesa da Mulher em todo o Estado de São Paulo, com aumento do efetivo para funcionamento 24 horas e a inclusão de atendimento psicossocial, para que as vítimas de violência se sintam acolhidas e protegidas”, concluiu Leticia Aguiar.

AUMENTO DO EFETIVO 

O Governo nomeou, em janeiro deste ano, 389 candidatos aprovados em concursos públicos da Polícia Civil. O ato foi publicado no caderno Executivo II do Diário Oficial do Estado. 

Foram nomeados 66 delegados, 84 de investigadores, 48 agentes de telecomunicações, 36 auxiliares de papiloscopistas, 143 agentes policiais e 12 papiloscopistas. Os cursos de formação são realizados na Academia de Polícia Dr. Coriolano Nogueira Cobra (Acadepol), com duração média de seis meses.

A previsão é que os novos profissionais iniciem suas atividades ainda no segundo semestre deste ano 2022, provavelmente em agosto.

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui