Deputada Leticia Aguiar cobra retorno das Carretas da Mamografia durante a quarentena

Atividades foram suspensas no início da quarentena pelo Governo do Estado. Mulheres seguem precisando dos exames para o diagnóstico de câncer de mama e outras doenças.

0
63
Carreta da mamografia

A deputada estadual Leticia Aguiar (PSL-SP) fez uma indicação ao Governo do Estado de São Paulo, cobrando o retorno das atividades do programa “Mulheres de Peito”, que utiliza as Carretas da Mamografia itinerantes para atender mulheres gratuitamente em todo o estado.

As carretas oferecem mamografias grátis e sem necessidade de pedido médico para mulheres entre 50 e 69 anos de idade. Pacientes fora dessa faixa etária também podem ser atendidas, desde que apresentem solicitação médica que pode ter sido emitida tanto pela rede pública quanto particular.

serviço está parado há mais de seis meses, devido à quarentena realizada para minimizar os impactos do Coronavírus no Estado de São Paulo. Porém, muitas mulheres estão necessitando dos exames e não possuem condições de realizá-los na rede particular de saúde.

“A saúde não pode esperar. Cada dia de espera sem o diagnóstico correto pode ser fatal. Não podemos deixar as mulheres do estado de São Paulo desamparadas durante o período de quarentena. Entendemos que o programa Mulheres de Peito PRECISA ser retomado, urgentemente, para garantir o diagnóstico e o tratamento adequados das mulheres que necessitam do atendimento do Estado”, disse a deputada Leticia Aguiar.

Até o momento, o Governador João Doria não divulgou uma data para retomada das atividades das Carretas da Mamografia. Não há previsão para divulgação de um novo cronograma com o itinerário das carretas.

Sobre o programa Mulheres de Peito

Os exames são realizados de segunda à sexta-feira, das 9h à 18h, e aos sábados, das 9h às 13h, exceto feriados. Caso sejam detectadas alterações no exame ou suspeitas de câncer, a paciente será encaminhada a um serviço de referência do SUS para fazer exames complementares, acompanhamento ou tratamento, conforme as particularidades de cada caso.

O programa tem oito carretas. Cada unidade tem 15 metros de comprimento, 4,1 metros de altura e, quando abertas, 4,9 metros de largura. Contam com mamógrafo, ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antenas de satélite, computadores, mobiliários e sanitários, além de uma equipe multidisciplinar. Funcionam em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem (Fidi).

O “Mulheres de Peito” também oferece agendamento por callcenter (0800-779-0000), disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Neste caso, os exames são agendados em unidades de saúde fixas do SUS.

A deputada estadual Leticia Aguiar solicitou ao Governo do Estado o envio da Carreta da Mamografia para os seguintes municípios: 

Mauá, Carapicuíba, Tambaú, Votorantim, Arujá, Ituverava, Novo Horizonte, Pradópolis, Orlândia, Pontal, Jaboticabal, Pitangueiras, Brodowski, Nuporanga, Morro Agudo, Monte Azul Paulista, Monte Alto, Mococa, Luís Antônio, Jardinópolis, Ipuã, Guatapará, Guariba, Guará, Guaíra, Dumont, Cravinhos, Altinópolis, Barrinha, Batatais, Cajuru, Cássia dos Coqueiros, Aparecida, Arapeí, Areias, Bananal, Caçapava, Cachoeira Paulista, Campos do Jordão, Canas, Caraguatatuba, Cruzeiro, Cunha, Guaratinguetá, Igaratá, Jacareí, Jambeiro, Lagoinha, Lavrinhas, Ilhabela, Lorena, Monteiro Lobato, Natividade da Serra, Paraibuna, Pindamonhangaba, Piquete, Potim, Queluz, Redenção da Serra, Roseira, Santa Branca, Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São José do Barreiro, São José dos Campos, São Luís do Paraitinga, Silveiras, São Sebastião, Taubaté ,Tremembé, Ubatuba, Taiuba, Serrana, Serra Azul, São Simão, São Joaquim da Barra, Santo Antônio da Alegria, Santa Cruz da Esperança, Santa Rita do Passa Quatro, Santa Rosa de Viterbo e Sales Oliveira.

Veja também

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui