Embraer envia ao sindicato proposta de suspensão de contratos de trabalho por 60 dias

A proposta temporária oferece ajuda compensatória e redução de jornada e salário, com garantia de emprego no retorno ao trabalho

0
696
proposta de lay off

A Embraer enviou uma proposta de acordo que foi apresentada ao Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, que deverá levá-la para votação entre os funcionários da empresa nesta terça-feira (14).
A proposta prevê a suspensão temporária de contratos de trabalho, por 60 dias, como forma de prevenção ao coronavírus. Nesse caso, haverá redução dos salários, conforme a faixa salarial, sendo:

  • 82,5% do salário líquido para trabalhadores que tenham salário bruto atual de até R$ 3.000,00.
  • 75% do salário líquido para trabalhadores que tenham salário bruto atual entre até R$ 3.000,01 e R$ 5.000,00
  • 67,5% do salário líquido para trabalhadores que tenham salário bruto atual entre R$ 5.000,01 e R$ 12.000,00.
  • 63,75% do salário líquido apurado para trabalhadores que tenham salário bruto atual acima de R$ 12.000,01.
    O salário líquido refere-se ao salário bruto menos os descontos referentes ao INSS, Imposto de Renda e Embraerprev.

O plano já havia sido aprovado pelo Sindiaeroespacial, que representa os funcionários das unidades da Embraer em São Paulo, Campinas, Sorocaba e Taubaté; e pelo Sindicato dos Engenheiros, que representa a categoria nos municípios paulistas, o que inclui São José dos Campos, Campinas e Gavião Peixoto.

Home office

Já para aqueles que cumprirem home office, haverá redução de jornada com redução salarial de 25%, por 90 dias, mais complementação pelo Governo Federal (equivalente a 25% do seguro-desemprego), de acordo com a faixa salarial.


Aqueles que ficarem em atividade dentro da fábrica não sofrerão redução salarial nem de jornada. 

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui