Porto de São Sebastião bate novo recorde de movimentação de cargas

Companhia registrou aumento de 12% em relação a 2022; Entre as principais cargas transportadas estão a barrilha, açúcares e malte

0
104
Porto de São Sebastião

A Companhia Docas de São Sebastião, empresa estatal vinculada à Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística de São Paulo (Semil), fechou o ano de 2023 com novo recorde de movimentação de cargas, mais de 1 milhão de toneladas. Com crescimento de 12% comparado a 2022, a receita foi ampliada em 51%, equivalente a R$43,5 milhões.

Entre as principais cargas transportadas estão barrilha a granel, matéria-prima essencial na produção de vidros, embalagens, entre outros, com 343 mil toneladas, na sequência, açúcar em sacas, com 194 mil toneladas, o malte,  para a indústria cervejeira, com 106 mil toneladas, e o silicato, utilizado na fabricação de sabão, adesivos e argamassas, com 50 mil toneladas.

“O porto possui um papel fundamental no desenvolvimento da região. Esse novo recorde é muito significativo e indica que estamos caminhando para alcançar novos padrões de eficiência”, avalia a secretária de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, Natália Resende.

O recorde anterior, estabelecido em 2022, era de 918 mil toneladas e receita de R$30,2 milhões. Os resultados alcançados em 2023 refletem o posicionamento de gestão do porto, que aplicou vários descontos nas tarifas portuárias e ampliou a capacidade de armazenagem de mercadorias.

“Estamos satisfeitos com os resultados, que refletem a confiança da comunidade portuária na capacidade do Porto. Vamos continuar trabalhando para proporcionar melhores condições para os operadores portuários e otimizar cada vez mais o nosso desempenho.”, complementa o Diretor-Presidente da Companhia do Porto de São Sebastião, Ernesto Sampaio.

Sobre o Porto

O Porto de São Sebastião é administrado pela Companhia Docas de São Sebastião, empresa vinculada à Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil). É uma delegação da União ao Governo do Estado de São Paulo, sendo, portanto, um porto público.

VEJA TAMBÉM:

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui