Deputados irão ao MP contra o governo por omissão ao Hospital Geral de Guarulhos

Parlamentares constataram que o atendimento à população está prejudicado

0
168
Hospital Geral de Guarulhos

Os deputados do PDO (Parlamentares em Defesa do Orçamento), preparam uma representação no Ministério Público contra o governo do estado por falta de investimentos e omissão no Hospital Geral de Guarulhos (HGG).

Em visita ao Hospital Geral de Guarulhos na tarde de terça-feira, 26, os deputados constataram que o atendimento à população está prejudicado, já que todos os leitos destinados a pacientes com Covid19 estão ocupados. O HGG conta com 287 leitos no total, destes, apenas 77 estão destinados a pacientes com Covid19 (42 na UTI e 35 na enfermaria).

No HGG atuam 1600 profissionais e, desde o início da pandemia registrou 400 internações e 70 óbitos. Detalhe: neste período o hospital contabilizou mais de 400 afastamentos de profissionais da saúde por contaminação, ou seja, a cada paciente internado, em média, um profissional é infectado. Um dado muito grave.

No almoxarifado, os deputados verificaram o estoque de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e constataram que a reposição dos materiais está bem limitada. Apuraram ainda que o atendimento à população poderia ser ampliado para mais 35 leitos, mas a falta recursos financeiros para isso. Para dar conta da demanda de Covid19, o governo repassa ao hospital um aditivo de R$ 500 mil por mês para atender a população de Guarulhos mais 9 municípios da Região do Alto Tietê, aproximadamente 1,5 milhão de habitantes.

Para se ter uma ideia da disparidade, o hospital de campanha do Ibirapuera (inaugurado em 1º de maio) conta com R$ 10 milhões por mês para manutenção. Mais um equívoco do governo, aparelhar hospitais de campanha em detrimento dos equipamentos de saúde que, passada a pandemia, continuarão servindo a população.

O PDO tem o objetivo de fiscalizar a correta aplicação dos recursos públicos durante a pandemia da Covid19. É formado pelos deputados Sargento Neri, Márcio Nakashima, Coronel Telhada, Adriana Borgo, Leticia Aguiar, Ed Thomas, Coronel Nishikawa, Conte Lopes e Tenente Coimbra.

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui