MP abre inquérito para apurar denúncia feita pela Deputada Leticia Aguiar e pelo Grupo PDO

Investigação apura irregularidades na compra de aventais cirúrgicos

0
121
PDO fiscaliza aventais cirúrgicos
Deputados Tenente Coimbra, Coronel Telhada, Leticia Aguiar, Adriana Borgo, Márcio Nakashima e Sargeton Neri

Ministério Público abriu inquérito civil para apurar irregularidades na dispensa de licitação pelo IAMSPE (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) na compra de aventais cirúrgicos usados por profissionais da saúde no enfrentamento à pandemia da Covid19.

A denúncia foi feita pelo Grupo PDO (Parlamentares em Defesa do Orçamento), que em agosto deste ano, apurou a empresa localizada em Mauá, na Região Metropolitana de São Paulo, contratada por R$ 540 mil para confeccionar 2 mil peças ao custo de R$ 270 a unidade.

Para a deputada Leticia Aguiar é necessária e imprescindível a ação dos deputados na fiscalização do executivo: “Nunca foi tão importante intensificar as medidas de fiscalização para evitar que irregularidades como está que envolvam desvios de dinheiro público ocorram”, disse a parlamentar.

O Ministério Público atua na implementação de medidas preventivas e repressivas no combate a condutas que importem em enriquecimento ilícito e que atente contra os princípios da Administração Pública. Com a instauração do inquérito as partes envolvidas na investigação tem prazo de 30 dias para apresentar informações para contribuir com a investigação dos fatos.

O PDO é um grupo suprapartidário formado com o objetivo de fiscalizar os gastos emergenciais nesta pandemia. Conta ainda com os deputados Conte Lopes, Coronel Nishikawa, Ed Thomas e Edna Macedo.
Denúncias em www.grupopdo.com.br



VEJA OUTRAS AÇÕES DO PDO:




COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui