domingo, junho 26, 2022
HomeNotíciasMandatoDeputada Leticia Aguiar cobra João Doria sobre redução do ICMS em combustíveis...

Deputada Leticia Aguiar cobra João Doria sobre redução do ICMS em combustíveis no estado de São Paulo

A parlamentar esteve na tribuna durante o grande expediente da Alesp na última terça-feira (11) e defendeu o debate sobre o tema

A deputada estadual Leticia Aguiar cobrou o Governador João Doria, em um discurso no plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo, sobre a redução do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) dos combustíveis no estado.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou recentemente, durante entrevista no Palácio da Alvorada, que se propõe a zera os impostos federais sobre combustíveis se os governadores também zerarem a cobrança do ICMS.

A parlamentar esteve na tribuna durante o grande expediente da Alesp na última terça-feira (11) e defendeu o debate sobre o tema, conforme proposto pelo presidente Jair Bolsonaro.

“Nós sabemos que o ICMS sobre os combustíveis representa uma arrecadação importante para o Estado de São Paulo e cortá-lo integralmente pode impactar em diversos serviços públicos, precisamos fazer um estudo de viabilidade da redução desse imposto. Fica aqui o meu apelo ao Governador João Dória, para que ele abra o diálogo com o Governo Bolsonaro para estudar uma solução, uma proposta viável para que possamos, juntos, fazer com que o ICMS sobre os combustíveis possa ser reduzido e isso se reflita diretamente para o consumidor final”, disse a deputada Leticia Aguiar.

O governador João Doria não participou da reunião de governadores com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, que aconteceu na última terça-feira (11) em Brasília, para tratar sobre a redução do ICMS sobre combustíveis.

À imprensa, Doria se pronunciou defendendo que o tema deve ser debatido no Congresso Nacional. “O tema tem que ser colocado no debate da reforma tributária. Isso não deve ser objeto de uma análise isolada e separada. Essa discussão deve ser no âmbito do Congresso Nacional, que tem a representatividade federativa e condições de fazer um debate responsável e sólido. Essa é a forma correta, legítima, democrática e justa de avaliar o tema do ICSM sobre combustíveis”, disse o governador.

Tributos sobre combustíveis

Os tributos federais incidentes sobre os combustíveis são a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), o Programa de Integração Social/Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (PIS/Pasep) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

Em 2019, a arrecadação com PIS/Pasep, Cofins e Cide sobre os combustíveis totalizou R$ 27,4 bilhões, segundo dados da Receita Federal. Desse total, R$ 20,2 bilhões foi a arrecadação da Cofins, R$ 4,3 do PIS/Pasep e R$ 2,8 bilhões da Cide. Em 2018, a arrecadação de todas essas contribuições chegou a R$ 32,8 bilhões.

RELATED ARTICLES

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

José Gregório das neves on Lançamento da medalha Patamo
Edicarlos Lopes dos Santos on