quinta-feira, setembro 29, 2022
HomeNotíciasRepórter finge ser paciente para fazer matéria desmoralizando Heloísa Bolsonaro

Repórter finge ser paciente para fazer matéria desmoralizando Heloísa Bolsonaro

Um repórter da revista Época fingiu ser cliente da psicóloga Heloísa Bolsonaro para produzir uma matéria que revela o método de trabalho da profissional, divulgando, ao mesmo tempo, opiniões pessoais da esposa do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Após cinco sessões realizadas no espaço de um mês, a revista publicou uma matéria, que passou a circular nesta sexta-feira, 13 de setembro, na versão digital da revista. A versão impressa começa a ser distribuída neste fim de semana em todo o país.

O repórter trainee João Paulo Saconi só revelou sua identidade ao fim das cinco sessões. Ele ligou para a psicóloga durante esta semana comunicando que havia gravado as sessões e que iria publicar a matéria, em uma clara invasão de privacidade profissional e pessoal.

A deputada Leticia Aguiar divulgou em suas redes sociais uma mensagem de apoio à psicóloga e criticou a postura do jornalista, que agiu de maneira antiética e totalmente desrespeitosa.

“O grupo Isto É/Globo passou de todos os limites possíveis e imagináveis. Usaram da boa fé da Heloisa Bolsonaro para fazer uma matéria ridícula, buscando desmoralizá-la e afetar não só sua vida pessoal, como também profissional”, disse Leticia.

A forma como o jornalista obteve as informações é considerada antiética nos manuais de redação tanto do Brasil, quanto do exterior. O que se vê na mídia brasileira, claramente, é um repetido desprezo pela ética, um vale tudo quando se trata de expor a vida de qualquer membro ou amigo próximo da família Bolsonaro. Até quando isso irá continuar?

RELATED ARTICLES

COMENTÁRIOS:

Por favor coloque seu comentário!
Por favor entre seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments

José Gregório das neves on Lançamento da medalha Patamo
Edicarlos Lopes dos Santos on